Revista Vírus | "No Brasil, em média, 18 Amarildos desaparecem nas mãos do Estado por mês"Revista Vírus
37594
post-template-default,single,single-post,postid-37594,single-format-standard,ajax_leftright,page_not_loaded,,qode-theme-ver-9.4.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

"No Brasil, em média, 18 Amarildos desaparecem nas mãos do Estado por mês"

"No Brasil, em média, 18 Amarildos desaparecem nas mãos do Estado por mês"

Mais de 9 meses sem Amarildo

Via Revista Forum

Francisco Carlos Teixeira, professor de História Contemporânea da Universidade Federal do Rio de Janeiro (UFRJ), desistiu da GloboNews, de quem era colaborador. “Eu não posso aceitar e eu não posso estar presente em num processo onde há uma criminalização do movimento social”, afirmou o docente. A declaração foi dada ao programa PCOTV, do Partido da Causa Operária (PCO).

Para Teixeira, “acusação de baderna e vandalismo ela é política, moral e penal, porque na verdade vandalismo é um artigo da Lei 9.072, que está incorporado ao Código Penal”. Portanto, para o professor há uma tentativa de criminalizar o Black Block e esse serviço “não cabe ao jornalista fazer.”

O professor condena a lógica de narração dos fatos da mídia, e aponta erros na cobertura jornalística. “O jornalismo se esqueceu de narrar a violência cotidiana dentro de trens, ônibus, repartições públicas, hospitais e escolas contra a população trabalhadora do país.”

ASSISTA AO VÍDEO:

Comente com o Facebook
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.