Revista Vírus | Campanha anti-alcoolismo na antiga URSSRevista Vírus
37241
post-template-default,single,single-post,postid-37241,single-format-standard,ajax_leftright,page_not_loaded,,qode-theme-ver-9.4.2,wpb-js-composer js-comp-ver-4.12,vc_responsive

Campanha anti-alcoolismo na antiga URSS

Campanha anti-alcoolismo na antiga URSS

Uma das preocupações da antiga União Soviética (URSS) era o alcoolismo. Quando se olha para as estatísticas demográficas, verifica-se um dado impressionante: de 1945 a 1965, a expectativa de vida na URSS aumenta exatamente como no Ocidente. Depois, entretanto, piora, mas só para os homens.

Para Andrea Graziosi, 57 anos, professor de história contemporânea em Nápoles e autor do livro  L”Unione Sovietica 1914-1991 (Ed. Il Mulino, 688 páginas), uma das explicações está na difusão do alcoolismo. Para tentar resolver o problema, o Partido Comunista (PC) criou uma série de campanhas anti-alcoolismo, que você pode visualizar abaixo:

Fonte: Fottus

Comente com o Facebook
No Comments

Sorry, the comment form is closed at this time.